quarta-feira, 26 de setembro de 2012

O TEXTO DE OPINIÃO

"Hoje em dia, até o obituário do jornal tem opinião" - Paulo Henrique Amorim, jornalista.


Atenção máxima ao enunciado da prova de Redação. Na maioria dos casos, o texto solicitado é o dissertativo-argumentativo, mas pode vir também “texto de opinião”, “texto crítico”, “dê o seu ponto de vista”, etc. Nesse caso, existem diversos gêneros que podem e devem ser abordados.
É importante lembrar, também, que, por ser um texto de opinião, não quer dizer, necessariamente, que esta deva ser sem fundamento, sem base filosófica, empírica, epistemológica, senão vira “achismo”.
Quando escrevemos um texto de opinião, nosso objetivo é o de convencer. Apresentamos a nossa opinião – sempre fundamentada – em relação a determinado assunto e desejamos persuadir nosso leitor a assumir o mesmo ponto de vista.
Para que se possa alcançar com êxito esse desiderato, é preciso conhecer muito bem o tema que irá tratar. O redator precisa ter dados, fatos, estatísticas, exemplos, citações relevantes que justifiquem a sua opinião, que possibilitem a ele escrever bons argumentos, a favor ou contra o tema abordado.
A escrita de um texto opinativo pressupõe, geralmente, as seguintes etapas de trabalho (não necessariamente nesta ordem):

Ø Tomada de posição em relação ao tema (contra ou a favor);
Ø Justificativa da posição assumida, com base em argumentos;
Ø Antecipação de possíveis argumentos contrários ao seu ponto de vista, contestando-os;
Ø Conclusão do texto, reforçando a posição assumida.

Levantados esses pontos, é preciso, também, que se observem dois aspectos fundamentais para a construção da coerência do texto:

Ø Organização dos argumentos;
Ø Ligação entre as diferentes partes do texto (frases, parágrafos; introdução, desenvolvimento e conclusão.

OBS.: A palavra argumento tem uma origem curiosa: vem do latim ARGUMENTUM, que tem o tema ARGU, cujo sentido primeiro é “fazer brilhar”, “iluminar”.
Os argumentos de um texto são facilmente localizados: identificada a TESE (opinião, ponto de vista defendido pelo autor) faz-se a pergunta por quê? (Ex.: o autor é contra a pena de morte [tese]. Porque... [argumentos])

TEXTOS COM PREDOMÍNIO DA OPINIÃO:

Ø A Dissertação;
Ø A Carta-argumentativa;
Ø O Editorial;
Ø Crônica Dissertativa;
Ø Artigo de Opinião;
Ø Resenha Crítica;
Ø Monografia ou TCC;
Ø Artigo científico;
Ø Dissertação (Mestrado);
Ø Etc.

"Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito."
(William Blake)

13 comentários:

  1. valeu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

    ResponderExcluir
  2. me ajudou muito!
    obrigada!

    ResponderExcluir
  3. me ajudou bastante!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. oaii me ajudou bastante !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei as dicas, tenho que elaborar um trabalho e agradeco as orientacoes

    ResponderExcluir
  6. Muito completo, e com boa sequência estrutural.

    ResponderExcluir
  7. Ola! Muito bom a explicação, queria saber se pode me ajudar, o seguinte texto (http://epoca.globo.com/vida/vida-util/carreira/noticia/2013/09/baposentadosb-em-alta-no-mercado-de-trabalho.html) pode ser considerado como opinativo? Eu acho mais que seria informativo, porém... Se puder me ajudar agradeço!

    ResponderExcluir