quarta-feira, 24 de julho de 2013

DIÁRIO DE BORDO

Como escrever um Diário de Bordo?


O que é o diário de bordo?


O Diário de Bordo é um caderno ou pasta onde o(s) estudante(s) registra(m) as etapas que realiza(m) para desenvolver o projeto. 

Este registro deve ser detalhado e preciso, indicando datas e locais de todos os fatos, passos, descobertas e indagações, investigações, entrevistas, testes, resultados e respectivas análises

Como o próprio nome diz, este é um Diário que será preenchido ao longo de todo o trabalho, trazendo as anotações, rascunhos, e qualquer idéia que possa ter surgido no decorrer do desenvolvimento do projeto.

O Diário não precisa ser realizado no computador, e as anotações podem ser feitas em um caderno de capa dura.

O Diário de Bordo não deve ser enviado para a FEBRACE no envio do projeto, mas deverá ser apresentado durante a Feira.

A importância do diário de bordo.


Pessoal, através do diário de bordo temos como avaliar o andamento do trabalho de pesquisa. 

O Diário de Bordo (Trabalho de Construção da Aprendizagem) é um instrumento que possibilita a construção da aprendizagem e que por isso deve ser algo a ser elaborado, montado, pensado durante todas as etapas do curso.

Com ele, podemos perceber as angústias e os anseios de cada um, de forma que podemos interferir positivamente para o desenvolvimento das idéias.

A autenticidade da pesquisa fica bastante evidente quando lemos um diário de bordo bem documentado.

Não deixem de entregar seus diários regularmente para acompanhamento e análise dos professores.

O que deve conter no diário de bordo?


O Diário de Bordo deve conter:

· o registro detalhado e preciso dos fatos, dos passos, das descobertas e das novas indagações; 
· o registro das datas e locais das investigações; 
· o registro dos testes e resultados alcançados; 
· as entrevistas conduzidas etc.

Exemplo de Diário de Bordo

Orientações do Orientador: 
Anote em seu Diário de Bordo, além do que já foi pedido nas atividades anteriores, suas impressões gerais sobre o trabalho da semana, em particular sobre a sua percepção acerca da apresentação do projeto.

Anotações de uma aluna de ensino superior: 
Como falei anteriormente, agora nossos estudos ficaram mais complexos e temos que nos ater a uma leitura mais pontuada e isso vai demandar maiores interesses, motivação e esforços. Apesar disto, estou bastante entusiasmada, pois a cada novo módulo e/ou atividades compreendo melhor a concepção e estrutura do projeto. Com certeza, as questões como leituras e atividades permitem tecermos reflexões, análises, críticas, contrapontos, esperanças e até dúvidas em relação a possibilidade, deste projeto, vir-a-ser realidade. Não pelo projeto em si, que agrega valores e só vem a contribuir com a formação dos profissionais da educação. Mas, pelo que tanto enfatizamos, ausência de uma definição de políticas públicas necessárias a implantação de projetos dessa natureza. Aliada a este fato, temos tb o desejo e a credibilidade do professor em querer "navegar neste barco". 

2 comentários:

  1. mostre exemplos de um diário de bordo já pronto, como todas as suas dicas. para serve de modelo.

    ResponderExcluir