segunda-feira, 4 de junho de 2012

O BRASIL



(Descrição física e política)


O Brasil é um país maior do que os menores e menor que os maiores. É um país grande, porque, medida sua extensão, verifica-se que não é pequeno. Divide-se em três zonas climatéricas absolutamente distintas: a primeira, a segunda e a terceira. Sendo que a segunda fica entre a primeira e a terceira. As montanhas são consideravelmente mais alta que as planícies, estando sempre acima do nível do mar. Há muitas diferenças entre as várias regiões geográficas do país, mas a mais importante é a principal. Na agricultura faz-se exclusivamente o cultivo de produtos vegetais, enquanto a pecuária especializa-se na canção de gado. A população é toda baseada no elemento humano, sendo que as pessoas não nascidas no país são, sem exceção, estrangeiras. Na indústria fabricam-se produtos industriais, sobretudo iguais e semelhantes, sem deixar-se de lado os diferentes. No campo da exploração dos minérios o país tem uma posição só inferior aos que lhe estão acima, sendo, porém, muito maior produtor do que países que não atingiram o seu nível. Pode-se mesmo dizer que, executando-se seus concorrentes, é o único produtor de minérios no mundo inteiro. Tão privilegiada é hoje, enfim, a situação do país, que os cientistas procuram apenas descobrir o que não está descoberto, deixando para a indústria tudo que já foi aprovado como industrializável e para o comércio tudo que é vendável. Na arte também não há ciência, reservando-se essa atividade exclusivamente para os artistas. Quanto aos escritores, são recrutados geralmente entre os intelectuais, é, enfim, o País do Futuro, sendo que este se aproxima a cada dia que passa.
MILLÔR FERNANDES (genialmente, Millôr faz uma crítica com esse texto às provas de redação dos vestibulandos do Brasil)

Um comentário:

  1. QUAIS SÃO OS ELEMENTOS DE TEXTUALIDADE DESSE TEXTO. ALGUÉM PODE RESPONDER

    ResponderExcluir